Método Kiber

Abril 04 2010

 

            A cor preferida dá um perfil básico das características da personalidade; a segunda cor que dá preferência, indica os seus objectivos ou metas básicas. 

 

            A rejeição ou aversão a uma cor é altamente significativa pois indica uma necessidade básica insatisfeita, não atendida, na sua personalidade, e que, portanto, gera tensão ou ansiedade.

 

            A rejeição ao amarelo indica que você se tornou um pessimista. Os seus sonhos e esperanças não se concretizaram, e você sofreu uma grande decepção com isso.

 

             Em consequência, você se limita a actividades práticas, corriqueiras, nas quais você está certo de obter um relativo sucesso.

 

            As pessoas que têm a cabeça nas nuvens são tolas, insensatas, e você não permitirá que o mesmo erro aconteça outra vez.

 

            Mude de cores escuras e conservadoras, vista-se de amarelo e não tenha receios que lhe chamem “canário”.

            Use amarelo para representar alegria, esperança, vitalidade, comunicação, luminosidade.

 

            Experimente até a pintar as paredes de amarelo vivo, ou seja amarelo-torrado.

            O amarelo é a cor do Sol!

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 20:47

Março 24 2010

 

             A cor preferida dá um perfil básico das características da personalidade; a segunda cor que dá preferência, indica os seus objectivos ou metas básicas.

 

            A rejeição ou aversão a uma cor é altamente significativa pois indica uma necessidade básica insatisfeita, não atendida, na sua personalidade, e que, portanto, gera tensão ou ansiedade.

 

            A aversão ao verde indica que a pessoa se sente atraída pela sociedade e que o seu fracasso como indivíduo se deve a essa traição.

 

            A sua necessidade de impressionar bem e ter os seus valores reconhecidos como o de alguém acima da média não foi satisfeita, e isso a torna hostil aos que vivem à sua volta.

 

            Como ela resiste em se envolver com pessoas e projectos, poderá acabar se refugiando numa existência solitária e atormentada.

 

                Você poderá ser uma pessoa problemática. Não gostar do verde representa não admitir o meio-termo, ser objectivo e ter aversão pelas situações indefinidas.

 

            Vista-se de verde, use essa cor frequentemente nos seus contactos sociais e entrevistas. Use esse verde nos lençóis, peças íntimas, pedras, objectos ou papel dessa cor.

 

PROF. KIBER SITHERC 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 23:20

Março 24 2010

 

                      As cores influenciam a personalidade de acordo com a preferência. A primeira cor de preferência, refere-se aos aspectos da sua personalidade real, ou seja, como você se mostra para os outros; a segunda cor de preferência, refere-se aos objectivos da vida, ou seja, o que se almeja da vida; e a cor que você não gosta, refere-se às frustrações da vida.

            É importante destacar que as preferências de cores, mudam de acordo com o momento emocional do indivíduo.

 

            Se você prefere o azul, você sente uma necessidade fundamental de levar uma vida tranquila, sem tensões. Essa exigência de tranquilidade tem uma enorme influência sobre a sua personalidade. Como você não gosta de nervosismos e agitações, você é uma pessoa conservadora, sensível, que tende a se mostrar muito precavida no modo de falar, agir e se vestir. Você gosta de ser admirado por seu comportamento calmo e estável e, em geral, é muito consciencioso em todo o que faz. Embora você seja um amigo leal, são evidentes as suas tendências egoístas e é impaciente com as ideias dos outros, sempre que elas divergem das suas. Você se mostra céptico com os estranhos porque eles representam o desconhecido e a possibilidade de situações perturbadoras. Apesar de ser sociável, você prefere estar com pessoas cuja formação e princípios se assemelhem aos seus, uma vez que elas representam uma ameaça menor à harmonia da sua vida.

            Para as personalidades azuis, a felicidade não é um estado natural; portanto, você exulta quando ela aparece, porém, aceita como um estado natural de coisas no qual ela não é a constante.

            A preferência pela cor azul é sinal de emotividade. Ternura e afectividade são características evidentes no comportamento de quem gosta do azul. São pessoas colaboradoras e companheiras, que valorizam a amizade e se mobilizam para conquistar a harmonia nas relações familiares e sociais, interagindo muito bem com o ambiente. São serenas e acolhedoras com aqueles que estão do seu lado.

 

            Aspectos positivos: o azul assinala a entrada nos domínios mais profundos do espírito e uma das suas qualidades mais subtis é a aspiração. Essa cor faz parte do espectro frio e, por sua quietude e confiança, promove a devoção e a fé. O azul é uma cor popular associada ao dever, à beleza e à habilidade. A serenidade dessa coe traz consigo paz, confiança e sentimentos curativos agradavelmente relaxantes. Sua fluidez e força serena são traços atraentes, que provocam admiração por parte das outras pessoas.

            Quem gosta de azul  ignorar pequenas falhas e bloqueios, dão aos outros o benefício da dúvida, e vêem o lado ensolarado da vida. Você cria uma presença  positiva, optimista que  mantém os outros a sua volta andando para a frente. No amor, o seu foco sobre o positivo pode torná-lo  ingénuo. Pode levar um tempo longo - talvez demasiado longo - a ver as deficiências de seu amado.


            Aspectos negativos: a natureza da cor azul é procurar e buscar sem cessar. Os aspectos comuns da vibração negativa dessa cor são dúvida e descrença, assim como a falta de habilidade. Essa cor é fantasiosa e estimula os devaneios, a tendência ao desleixo, a fatuidade e a desconfiança. Partindo do cansaço, da indolência e da apatia, o azul pode levar a um estado de melancolia, atraindo por fim uma sensação generalizada de inércia.

 

            Celebridades que preferem a cor azul: Dayana Devon e Hilary Swank

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 01:06

Março 20 2010

 

             A cor preferida dá um perfil básico das características da personalidade; a segunda cor que dá preferência, indica os seus objectivos ou metas básicas.
 
            A rejeição ou aversão a uma cor é altamente significativa pois indica uma necessidade básica insatisfeita, não atendida, na sua personalidade, e que, portanto, gera tensão ou ansiedade.
 
                 Quando existe aversão ao azul, isso pode significar confusão e instabilidade psico-mental, inquietação, ansiedade, inconstância, orgulho, rebeldia, além da necessidade insatisfeita de realização emocional.
 
            Essa rejeição ao azul indica que você se sente preso a um ambiente infeliz e é incapaz de mudá-lo. Você está cansado de tentar enfrentar a situação, e a sua frustração o está deixando irritado e possivelmente neurótico.
 
             Você sente um forte desejo de fuga da sua situação, talvez largando o emprego ou saindo de casa, porém, isto se transforma num conflito, na medida em que você se sente dependente de ambos. Você anseia por uma vida mais animada, mais excitante, que sente lhe ter sido negada.
 
            O azul é a cor do céu e da serenidade. Comece a usar o azul e verá que se sentirá mais calmo e tranquilo.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 13:22

Março 14 2010

 

            A cor preferida dá um perfil básico das características da personalidade; a segunda cor que dá preferência, indica os seus objectivos ou metas básicas.
 
            A rejeição ou aversão a uma cor é altamente significativa pois indica uma necessidade básica insatisfeita, não atendida, na sua personalidade, e que, portanto, gera tensão ou ansiedade.
 
            Se você não gosta ou tem aversão ao vermelho, indica que você se sente derrotado e frustrado. Apesar de um gigantesco esforço da sua parte, você sente que a vida não tem recompensado a sua luta.
 
            Você anseia por paz e segurança, porém por algum motivo não consegue encontrá-las. Você se sente ameaçado pelo ambiente intenso e agressivo que o cerca, porém não encontra saída. Em decorrência, você padece de uma sensação terrível de desamparo.
 
            Você deve de começar a usar o vermelho, mesmo que não goste. Com a continuação começará a gostá-lo. É a cor da vitória, por isso, é indicado para os frustrados.
 
            Os tímidos gostam de passar despercebidos, e fazem por tudo para não serem vistos, por isso, não usam o vermelho. Se tem problemas de timidez comece a usar o vermelho. Se tem encontros especiais, use o vermelho para se desinibir e triunfar.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:32

Março 12 2010

 

            As cores influenciam a personalidade de acordo com a preferência. A primeira cor de preferência, refere-se aos aspectos da sua personalidade real, ou seja, como você se mostra para os outros; a segunda cor de preferência, refere-se aos objectivos da vida, ou seja, o que se almeja da vida; e a cor que você não gosta, refere-se às frustrações da vida.
            É importante destacar que as preferências de cores, mudam de acordo com o momento emocional do indivíduo.
 
            Se a sua cor de preferência é o vermelho, você é uma pessoa combativa, com vontades férreas e uma grande necessidade de movimento. Você é impulsivo, enérgico e busca o sucesso com todas as suas forças. Você não teme assumir posições e faz julgamentos rápidos. Entretanto, você não é demasiadamente teimoso, podendo até, algumas vezes, ser levado pelos sentimentos.
 
            Você é uma pessoa objectiva e extrovertida que mergulha de cabeça nas aventuras da vida e busca ansiosamente experiências variadas. Você rejeita todas as formas de monotonia, integra-se bem com o meio ambiente e não gosta do meio-termo. A sua procura incessante da variedade pode, às vezes, torná-lo uma pessoa volúvel. É provável que você apresente uma certa tendência à falta de perseverança e aos gestos impensados, porém, é capaz de conseguir o sucesso contando apenas com a força da sua personalidade.
 
            Segurança, autoconfiança, sinceridade e honestidade são os principais atributos de quem preferem essa cor, e geralmente apresentam temperamento explosivo. Possuem traços de liderança. Necessitam estar no controle da situação, podendo se tomar dominadores.
 
            Para você, as questões importantes da vida aparecem nítidas e com grande força, e você tende a atitudes extremas em tudo o que faz. Isto se aplica também ao temperamento, aos estados de espírito e às emoções. Como você acredita que a felicidade é o estado natural da vida, os seus dias são uma busca incessante do envolvimento total. Entretanto, procure evitar a tendência de culpar os outros pelos seus fracassos.
 
                Quem não gosta do vermelho aspira calma e tranquilidade. Não se sente bem em ambientes agitados; repudia a discussão e a violência. A aversão por essa cor pode também representar frustração e desânimo. Veja mais neste blog: A AVERSÃO AO VERMELHO.
 
            Aspectos positivos: o vermelho, sugere motivação, actividade e vontade. Ele atrai vida nova e pontos de partida inéditos. O vermelho está associado ao calor e à excitação, com a iniciativa e a disposição para agir, com o espírito de pioneirismo que nos eleva. Persistência, força física, estímulo e poder são seus traços típicos. Afectuosidade e perdão são duas belas qualidades dessa cor, assim como a prosperidade e a gratidão. Amor físico e paixão carnal são sinónimos do vermelho.
 
            Aspectos negativos: indecência e grosseria, falta de polidez e certa obstinação podem começar a aparecer aqui. Crueldade física, brutalidade e perigo tornam-se mais evidentes. A intensidade e força intrínsecas do vermelho, podem transformar-se em raiva e fúria belicosa, ou se expressam sob a forma de brutalidade, crueldade, rancor ou revolta.

            Celebridades que preferem a cor vermelha
: Cindy Crawford, Meg Ryan, Dayona Devon, Hilary Swank, Kristin Davis, Jessica Biel, Pamela Anderson.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:42

Janeiro 15 2010

 

            A presença de cor nas roupas influencia o estado emocional da pessoa, promovendo um melhor desempenho na execução das actividades diárias. As cores possuem uma linguagem própria.  
        Tonalidades fortes realçam suas propriedades; as claras são joviais e envolventes; e as mais escuras sugerem isolamento e indiferença.  
        Optar por cores que sejam opostas a determinado estado emocional negativo é um importante recurso na cromoterapia de auto-ajuda. Na tristeza, procure usarcores alegres (tons de amarelo e laranja); no mau humor, vista roupas que sugiram calma e introspecção (azul ou índigo); na indisposição, roupas de cores estimulantes (vermelho ou laranja).  
        Conhecer as sensações que cada cor de roupa proporciona a quem a estiverusando, bem como àqueles que estão à sua volta, favorece na escolha da roupa ideal para o seu dia, promovendo o bem-estar interior e uma boa interactividade com o ambiente.  
        Vale lembrar que as cores da roupa não se sobrepõem às qualidades da pessoa. Usar uma cor que não seja favorável à comunicação, por exemplo, não significa que alguém perderá a sua capacidade de expressão. As cores contribuem para o estado interior, mas não anulam a individualidade.
        Vejamos as propriedades das cores nas roupas.
 
 
VERMELHO
 
        As roupas vermelhas são indicadas para indispostas, desmotivadas e para quem precisa enfrentar exaustivas actividades.
        Vestir roupas vermelhas em determinadas ocasiões sociais põe a pessoa em evidência, tornando-a atraente e sedutora. As pessoas ansiosas ou que se irritam com facilidade devem evitar essa cor.
 
 
        LARANJA
 
        As roupas laranjas sugerem encorajamento e bravura, sendo ideal para os momentos em que é preciso enfrentar grandes desafios, para quando a pessoa estivar se sentindo amedrontada ou deprimida. Elas auxiliam na expressão verbal e corporal, despertando o optimismo e a auto-estima. Nos momentos de tensão, que podem ocasionar discussões, não é recomendado vestir o laranja.
 
 
        AMARELO
 
        As roupas amarelas são leves e joviais. Favorecem a comunicação e transmitem alegria. São ideais para os momentos de descontracção e festividade.
        Pessoas inseguras e que precisam transmitir confiabilidade não devem vestir o amarelo.
 
 
 
 
VERDE
 
        As roupas verdes sugerem equilíbrio, ponderação e bom senso, permitindo uma ampla análise da situação. Proporciona serenidade no pensar, evitando o pré-julgamento e as decisões precipitadas.
        São excelentes para a prática de actividades que exijam precisão. Seu uso é recomendado para quem se encontra agitado, nervoso e stressado. As pessoas indecisas devem evitar vestir o verde.
 
 
        AZUL
 
        As roupas azuis trazem calma, tranquilidade e serenidade são os principais atributos da cor azul. Roupas com essa cor são indicadas para aliviar as tensões diárias e os desgastes emocionais. Usar azul sugere uma atmosfera que facilita a aproximação entre as pessoas.
 
 
        ÍNDIGO
       
        As roupas de tonalidade azul-escura são desaconselhadas para quem apresenta tendências depressivas.
 
 
        VIOLETA
 
        As roupas violetas aumentam o poder de concentração, despertam o interesse e suavizam as preocupações, proporcionando paz e elevação. Favorecem no posicionamento perante as pessoas, sendo indicadas para exercer uma função de comando, tomar importantes decisões e manter o controlo de uma situação.
        Desaconselhadas para as ocasiões alegres, descontraídas e festivas.
 
 
        CASTANHO
 
        As roupas de cor castanhas transmitem firmeza, segurança e maturidade. São excelentes para os negócios. Auxiliam a pessoa a ser mais directa e objectiva, transmitindo seus pontos de vista com mais consistência. Não são recomendadas para os contactos afectivos, como o namoro, nem para momentos de descontracção com os amigos.
 
 
        BRANCO
 
        Vestir-se de branco sugere transparência e serenidade nos contactos interpessoais. Os trajes são leves, conspirando pela paz e harmonia entre as pessoas.
        São indicados para quem se encontra em ambientes tumultuados. Não há inconveniente em se vestir de branco.
 
 
 
        PRETO
 
        As roupas pretas suavizam os traços excessivos do corpo, sendo ideal para as pessoas obesas. Sérias e imponentes, promovem uma certa distância entre as pessoas. Por um lado, isso facilita imposição de respeito; por outro, compromete a integração entre aqueles que compartilham de um mesmo ambiente, induzindo ao isolamento.
        Não são recomendadas para a comunicação. Pessoas tristes, deprimidas e com baixa estima, devem evitar se vestir de preto.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 03:21

Só temos uma vida, por isso, teremos que vivê-la intensamente de uma maneira agradável e positiva. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, antes que seja demasiado tarde! Pensamento Positivo! kiber-sitherc@sapo.pt
favoritos

A ORIGEM DO RISO

Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


pesquisar
 
blogs SAPO