Método Kiber

Dezembro 10 2010

 

            Nome científico: ( Parietaria officinalis)

 

            Outros Nomes; Alfavaca-de-cobra, tiritana, erva das muralhas, saxifrágia, erva de vidro, erva-fura-paredes, parte-pedras, erva-dos- muros, vitríolo, erva-de-santa-Ana, erva-de-nossa-senhora, helxina, cobrinha, pulitaina, pulitária, mauerkraut (alemão), espargoule (francês), pellitory, (inglês).

 

            Família das: Urticácias.

 

            A parietária tem sabor ligeiramente salgado, os brotos tenros, têm sabor refrescante, fervidos, dão uma tisana de cor amarelo limão, cujo sabor se assemelha ao dos pepinos.

 

            Composição: Rica em salitre, azotado de potássio, mucilagem e enxofre.

 

             Propriedades: Emoliente, calmante; diurética e antiflgisticas, particularmente recomendadas no combate à nefrite, cálculos renais, e outros distúrbios do aparelho urinário, furúnculos, feridas chagas e queimaduras, catarro brônquios, tosse e afecções pulmonares, hidropisia, disfunções hepáticas, fissuras dos seios, e do ânus, problemas das artérias e coração, febres inflamatórias.

 

            Como os próprios nomes indicam, esta planta vê-se pendurada a espreitar pelos buracos de qualquer muro, como não cresce muito, é vista em pequenas moitas, as folhas são pecioladas, de ovais e lanceoladas, agudas verdes e brilhantes na face superior e pelosas na parte inferior. Dá pequenas flores esverdeadas, ou meio avermelhadas, floresce de Julho a Outubro. Encontra-se nas paredes menos cuidadas, seja na cidade ou qualquer outro lugar, aparece no sopé dos muros dos caminhos, sempre à mão, para nos socorrer numa imprevista dor de dentes, podemos mastiga-la, para lhes subtrair o suco que fica na boca o resto é deitado fora.

 

            Indicações de uso: 

 

            Brônquios (catarro), tosse, rins (cálculo); Infusão em um litro de água fervente, verter 10g de parietária seca, deixando em repouso 10 minutos, filtrar o líquido, adoçá-lo com mel, e bebe-lo em xícaras durante o dia.

 

            Chagas, queimaduras - Unguento; ferver uma pitada de folhas de parietária, em um cálice de água por dois minutos, filtrar o líquido e colocar 15 gramas em recipiente de vidro, adicionando a ele os seguintes ingredientes; 10g de farelo de trigo, 10g de farinha de fava, um cálice de azeite finíssimo e um cálice de vinho branco de boa qualidade, misturar tudo muito bem e aplicar o unguento duas vezes por dia.

 

            Abcessos, furúnculos, chagas – Cataplasma; lavar, enxugar e estender, sobre um pedaço de gaze, dobrado várias vezes, um punhado de folhas e hastes frescas de Parietária. Bater a gaze com o cabo de uma faca, para sair todo o suco e aplica-lo sobre o local afectado.

 

            Fígado, (disfunções) - Vinho levar à ebulição, um litro de um bom vinho tinto, com um pedacinho de casca de laranja, a seguir adicionar 30g de parietaria officinalis, quando o líquido ficar frio, filtrá-lo e tomar um cálice ao final das refeições.

 

            Fissuras anais e do seio – Cataplasma; em um cálice de leite, ferver dois punhados de parietaria officinalys, até que o líquido evapore. Reduzir as folhas a uma papinha e estende-las, depois de mornas sobre um pedaço de tecido. Aplicá-las sobre a região afectada.

 

            Pulmões; (afecções) - Infusão: uma colherada de folhas secas e pulverizadas, de parietaria officinalys, em xícara de água fervente, filtrar e beber em seguida, esta infusão, como as seguintes, também é eficaz contra as tosses, - Mel misturar 10g de folhas secas, de parietaria officinalis, reduzida a pó com 10g de mel, batendo bem os dois ingredientes, por dez minutos, tomar uma colher dessa mistura a cada duas horas.

 

            Suco: Lavar em, água corrente escorrer e deixar secar por dez minutos várias plantinhas, frescas de parietária officinalys, em pedaço de tecido fino. Torcer o pano de modo a fazer sair todo o suco que deve ser misturado com algumas gotas de sumo de limão ou laranja. Tomar de 30g a 100g desse suco por dia, inclusive em casos de casos de cálculos renais.

 

            Feridas; Cataplasma: aplicar sobre a região afectada, alguns raminhos, de parietaria officinalis. Bem lavados escorridos e um pouco esmagados.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 22:25

Só temos uma vida, por isso, teremos que vivê-la intensamente de uma maneira agradável e positiva. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, antes que seja demasiado tarde! Pensamento Positivo! kiber-sitherc@sapo.pt

contador gratis
Interactividade
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO