Método Kiber

Novembro 29 2010

 

            Coulrofobia é o termo psiquiátrico usado para designar o medo de palhaços. A fobia é bem comum nas crianças, mas é encontrada nos adolescentes e adultos também. Os afrontados por este mal geralmente sofreram uma experiência pessoal traumática, em tempos passados, com palhaços ou viram alguma imagem sinistra que os apavorou.

clown03.gif (8216 bytes) 

            Ao depararem-se com algum indivíduo vestido de palhaço, "os portadores dessa fobia têm ataques de pânico, perda de fôlego, arritmia cardíaca, suores e náusea". Tudo isso, só por verem alguém de peruca, maquilhagem e com enormes sapatos, é muito perturbadora, para o fóbico a figura do palhaço, um personagem que está sempre com aparência alegre e com cores bem extravagantes.

 clown_balancingball_md_wht.gif (16757 bytes)

            Um estudo recente descobriu que as crianças têm medo das decorações de hospital com base em palhaços. Nenhuma das crianças e adolescentes pesquisados afirmou gostar de palhaços.

 clown4.gif (5904 bytes)

            Em hospitais o uso de palhaços em tratamentos de crianças já foi abolido, pois foi comprovado que as crianças se assustam muito mais do que se alegram. Esse medo pode surgir por alguma razão específica, como um trauma, ou a pessoa apenas tem medo e não sabe o porquê disso.

 clown15.gif (12695 bytes)

            É muito comum as pessoas utilizarem medicamentos para diminuir a sua ansiedade em casos como este. Mas será que só os medicamentos são realmente eficazes? Buscamos na medicina as curas para nossas doenças, mas sentir ansiedade está longe de ser uma doença. É uma resposta natural do organismo às situações ameaçadoras. Watson mostrou há muito tempo atrás que a definição de ameaçadora é bem subjectiva: aprendemos a ter medo de diferentes estímulos a partir das nossas experiências de vida, mesmo sem sabermos explicar como aprendemos. A lista de possíveis fobias, portanto, é gigantesca - é um absurdo considerar que exista uma diferente causa biológica para cada um destes medos.

clowny.gif (3134 bytes) 

            Vejamos a reacção de algumas pessoas que sofrem de coulrofobia

 

            “Eu tenho medo de palhaços! Há uns dias estava a passear e vi um palhaço: deixei o braço da minha mãe pisado, por o ter agarrado com tanta força! O meu coração parece que vai sair disparado do peito, de tão acelerado que fica! Poucas pessoas se apercebem que estou com medo, pois consigo disfarçar. Se estiver com alguém, posso passar "perto" do palhaço, mas tenho de dar a mão a esse alguém... Se estiver sozinha, afasto-me o mais possivel!”

 clownani.gif (7246 bytes)

            “Tenho uma filha de 4 anos que na sua festinha de 1 ano teve palhaço, e na de 2 um elefante (personagem). A partir dos 3 começou com medo de tudo, papai noel, palhaços e ontem a levei em uma festinha que tinha um personagem dos Backyardigans, ela se descontrolou totalmente, parecia que estava sendo metralhada. Gritou tanto que toda a festa parou. Pedi para o tio tirar a cabeça para ela ver que era uma pessoa, ela implorou que ele não colocasse mais. Não sei como agir!”

 jak-box.gif (13966 bytes)

            “Morro de medo de palhaços, acho que a causa disso foi quando criança, eu ia num passeio de escola, à gravação do programa do Palhaço Bozo, mas ele não pôde comparecer justo nesse dia, então fomos passar o dia no aeroporto, entramos em aviões, conversamos com pilotos, lembro como se fosse hoje, e eu passei muito mal, quase desmaiei quando soube que não ia ver o tal Bozo, Isso já tem mais de 20 anos e até hoje morro de medo de palhaços. É uma situação terrível, só de vê-los começo a tremer.

            Uma vez minhas amigas Daniele e Cátia se vestiram de palhaçinhas e logo eu comecei a chorar quando estavam vestidas e logo descobri que tinha medo por causa de que tem o rosto pintado. Vi em um site que é de 4 a 6 anos (quando se tem medo de palhaços) e eu tinha 9. Isso é normal para a minha idade?”

 joclown.gif (5295 bytes)

            Quando eu tinha 4 ou 5 anos, apareceu-nos à porta da minha tia dois rapazes mascarados, que tentavam provocar medo a mim e à minha prima, nós os dois andávamos de roda da minha tia, amedrontados e chorando, enquanto ela se ria, depois fugimos para dentro e escondemo-nos debaixo da cama, até que tivemos a certeza que se tinham ido embora. Para mim foi só um acontecimento casual.

            O que me provocou medo, foi por eles terem a cara tapada.

            Talvez os coulrofóbicos, vejam o palhaço como não humano, figura macabra, fantasmagórica em que a cara é dissimulada e transfigurada.

 

PROF. KIBER SITHERC 

 

 

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 23:29
Tags:

Morro de pânico de palhaço, e para forçar mais esse medo, eu nasci na mesma data que o palhaço Povo, serial killer. Trágico isso.
Anónimo a 8 de Agosto de 2016 às 12:24

Só temos uma vida, por isso, teremos que vivê-la intensamente de uma maneira agradável e positiva. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, antes que seja demasiado tarde! Pensamento Positivo! kiber-sitherc@sapo.pt

contador gratis
Interactividade
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

17
18

21
22
25
26
27

28
30


pesquisar
 
blogs SAPO