Método Kiber

Março 18 2010

   
         Esta classe de mensagens condiciona a pessoa para que faça o que os pais querem. É uma maneira de manejar o filho. Quando esta manipulação se refere aos sentimentos, os resultados para o desenvolvimento da personalidade costumam ser prejudiciais.
 
            - “Se estudares, dou-te um carro”.
            - “Se ajudares a mamã, irás jogar com o Alberto”.
            - “Se te portares bem, compro-te uma saqueta de rebuçados”.
 
            Este tipo de mensagens pode ser dado de forma que o afecto dos pais fica obstruído, se a criança não obedecer.
 
                - “Se te portares mal, o papá não vai gostar de ti”.
            - “Se não estiveres quieto, a mamã vai embora e deixa-te sozinho”.
            - “Come para que a mamã goste de ti”.
 
            As mensagens desse tipo são graves e prejudiciais. Dadas na primeira infância, podem ser causadoras de problemas na personalidade e de perturbações esquizofrénicas na juventude.
 
            “Se fizeres isso…, não gostarei de ti”, condiciona o amor. Significa que gostarei de ti, que estarei ao teu lado, sempre e quando fizeres determinadas coisas, mesmo contra os teus desejos. É a forma mais suja de dominar uma criança. Na sua “cabecinha” interpreta assim:
           
                - “Se fizer o que os meus pais querem, vão gostar de mim”.
            - “Se renunciar a ser eu mesmo, terei afecto e carinho”.
           
            Todas as mensagens ficam gravadas na cabeça da criança interpretadas com a sua lógica simples, sem dados sobre a vida, sobre a importância das coisas, sobre os valores sociais e morais. A gravação lá fica, como se fosse uma fita de uma cassete e o passar dos anos não apagará nada dessas mensagens.
            As crianças que recebem estas mensagens são pessoas problemáticas que, no futuro, viverão cheias de problemas.
 
            Frases como:
            - “Desde que me casei e tenho filhos, vivo para tratar da família”.
 
            É típica de uma mulher que, na infância, foi condicionada pelas mensagens dos seus pais para cuidar dos outros ou que, pelas mensagens recebidas, chegou à conclusão de que, na vida, é preciso renunciar ao que se quer ou deseja para também se ser amado.
 
PROF. KIBER SITHERC
 
 
kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 22:09

Só temos uma vida, por isso, teremos que vivê-la intensamente de uma maneira agradável e positiva. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, antes que seja demasiado tarde! Pensamento Positivo! kiber-sitherc@sapo.pt

contador gratis
Interactividade
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

17
19

21
22
23
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO