Método Kiber

Maio 07 2010

 

                Se você é um bom garfo e gosta de comer, se comer pouco, viverá o bastante para comer muito. Muitos estudos médicos mostraram esta realidade. A maneira mais certa de aumentar o período de vida de um animal é cortar a quantidade de alimento que come. O Dr. Clive McMay realizou um famoso estudo na Cornell University. Em seu ensaio, pegou ratos de laboratório e reduziu-lhes pela metade a alimentação dada. Isso dobrou o tempo de vida deles.

 

            Um estudo posterior feito pelo Dr. Edward J. Masaro, da Universidade do Texas, foi até mais interessante. Ele trabalhou com três grupos de ratos: um grupo comia quando quisesse; o segundo grupo teve a sua alimentação cortada em 60 por cento; e o terceiro podia comer quanto quisesse, mas as suas proteínas foram cortadas pela metade.

 

            Quer saber o que aconteceu? Depois de 810 dias, só 13 por cento do primeiro grupo permanecia vivo. Do segundo grupo, do qual o consumo de alimentos fora cortado 60 por cento, 97 por cento ainda estava vivo. Do terceiro grupo onde o fornecimento de alimentos permanecia alto, mas o consumo de proteína fora cortado pela metade, 50 por cento ainda estava vivo.

 

            Há um aviso nisso? O Dr. Ray Walford, famoso pesquisador da Universidade da Califórnia, concluiu: “Subnutrição é, até o momento, o único método que conhecemos que coerentemente retarda o processo de envelhecimento e prolonga ao máximo o tempo de vida de animais de sangue quente. Esses estudos são sem dúvida aplicáveis aos seres humanos porque funcionam em todas as espécies estudadas até agora”.

 

            Os estudos mostraram que a deterioração normal do sistema imunológico foi acentuadamente retardada pela restrição de alimento.

             Assim, o recado é simples e claro: coma menos, viva mais.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

       

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:03
Tags:

Maio 03 2010

 

                A cor preferida dá um perfil básico das características da personalidade; a segunda cor que dá preferência, indica os seus objectivos ou metas básicas.  

 

            A rejeição ou aversão a uma cor é altamente significativa pois indica uma necessidade básica insatisfeita, não atendida, na sua personalidade, e que, portanto, gera tensão ou ansiedade.

 

     A rejeição ao castanho (marrom), indica um grande esforço de reconhecimento. Você quer se destacar como indivíduo. É bem possível que você seja uma pessoa generosa e de raciocínio rápido. Você é capaz de antecipar aos factos.

 

            Você rejeita o corriqueiro, o convencional, e costuma demonstrar impaciência com pessoas de raciocínio mais lento e menos capazes do que você. Os outros podem se dar ao luxo de serem indecisos; você não. Você sabe onde quer chegar e está sempre atento a tudo de bom que a vida tem para oferecer.

 

            Se começar a usar o castanho (marrom), mesmo pouco ou moderadamente, tornar-se-á mais compreensivo com as pessoas convencionais.

            O objectivo é realmente usar todas as cores.

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:58

Maio 02 2010

 

                Um rico resolve presentear um pobre por seu aniversário e ironicamente manda preparar uma bandeja cheia de lixo e sujeiras. Na presença de todos, manda entregar o presente, que é recebido com alegria pelo aniversariante, que gentilmente agradece e pede que lhe aguarde um instante, pois gostaria de poder retribuir a gentileza.

 

            Joga fora o lixo, lava e desinfecta a bandeja, enche-a de flores, e devolve-a com um cartão, onde está a frase: "Cada um dá o que possui".

 

            Ou seja: Não se entristeça com a "ignorância" das pessoas, não perca sua serenidade. A raiva faz mal à saúde, o rancor estraga o fígado, a mágoa envenena o coração. Domine as suas reacções emotivas. Seja dono de si mesmo. Não jogue lenha no fogo de seu aborrecimento. Não perca a sua calma. Pense, antes de falar, e não ceda à sua impulsividade.


            "Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra".

            (William Shakespeare)

 

PROF. KIBER SITHERC

 

 

 

kiber-sitherc@sapo.pt
publicado por professorkibersitherc às 00:09

Só temos uma vida, por isso, teremos que vivê-la intensamente de uma maneira agradável e positiva. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, antes que seja demasiado tarde! Pensamento Positivo! kiber-sitherc@sapo.pt

contador gratis
Interactividade
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO